Enriquecimento ambiental

Home / Enriquecimento ambiental

Você sabia que os mesmo os animais domésticos tem necessidades naturais de estar sempre em movimento, andar, correr, resolver problemas, etc.?
Será que seu cão de estimação tem tudo o que é preciso?

Vamos pensar num cachorro, se ele não fosse de estimação, criado dentro de quatro paredes, imagina quanta atividade ele teria? Ele iria caçar,se locomover com o grupo, achar água, se defender de inimigos naturais, ou seja, uma rotina muito completa e cheia de atividades diárias, com certeza seria um cão mais feliz, saudável fisicamente e mentalmente.

Os animais quando são privados de atividades naturais, disparam comportamentos indesejados, eles buscam satisfazer essas necessidades diárias de atividade de maneira inapropriada, eles podem roer, destruir, pular, latir demais, cavar, ficar agressivos, etc.
Além dos transtornos no ambiente, o animal fica mais triste e pode desenvolver depressões severas se for privado dessas necessidades.

Por esse motivo existe uma técnica chamada Enriquecimento Ambiental, consiste em proporcionar ao cão atividades similares as que ele encontraria em seu habitat natural. Nos zoológicos é muito comum ao invés de alimentar os animais nas vasilhas, os tratadores dificultam o acesso da alimentação, escondem, colocam em locais de difícil acesso, para que o bicho tenha que pensar, roer, lamber, ou seja, tudo o que ele NÃO faria caso recebesse a comida de forma fácil.

Sabendo disso será que é possível que o seu animal de estimação não faça nada, como roer, cavar, latir, etc.? A resposta é NÃO, os bichos tem essa necessidade natural e irão disparar esses comportamentos naturais os donos querendo ou não, portanto iremos DIRECIONAR os cães para executarem tais comportamentos em objetos apropriados.

Conclusão:

Os animais tem necessidades naturais que não podem ser desprezadas, eles irão sempre disparar alguns comportamentos e por isso iremos disponibilizar no ambiente brinquedos que saciem essa necessidade, caso isso não aconteça o bicho terá alterações comportamentais.
Bicho cansado é bicho feliz!